Gustavo Klein Carlan

Mensagem do Presidente Gestão 2010-2011
Gustavo Klein Carlan
Contato: gustavoklein@live.com
Bom dia ‘a todos os companheiros, companheiras e visitantes.
Assumo hoje a presidência do Rotary Club Santos-Boqueirão com pelo menos uma grande certeza: não será uma missão solitária. Longe disso, aliás: o apoio que tenho recebido de todas as companheiras me mostra que a tarefa de dirigir o clube será compartilhada.
Caberá a cada rotariana do Boqueirão uma parcela da responsabilidade pela manutencão de nosso clube no patamar de excelência que rapidamente atingimos em razão da qualidade humana que abrigamos em nossos quadros.
Me deixa ainda mais tranquilo o fato de que esse apoio não se dá apenas na forma de tapinhas amistosos nas costas ou de palavras motivadoras. Eu tenho amigas, aqui. Do tipo de amiga que sabe reconhecer uma boa decisão com a mesma naturalidade com que aponta um caminho errado.
Os projetos do Santos-Boqueirão alcançaram o sucesso porquê atendem a verdadeiros anseios de nossa comunidade. Fruto da excelente comunicação que existe tanto entre os membros do clube quanto no diálogo com a sociedade. Seremos atentos as necessidades dos santistas e daremos nossa contribuição para a solução dos problemas que nos afligem.
Olharemos além de nosso bairro. Promoveremos mudancas sociais efetivas por meio de iniciativas culturais em comunidades carentes como a do Dique da Vila Gilda. A consciência do poder transformador da leitura na vida de um jovem nos animará a honrar o desafio de, até o final da gestão, ajudar a formar mediadores de leitura entre os jovens da comunidade e a dotar o bairro de uma biblioteca que, mesmo pequena, seja a porta de entrada para o mundo das letras e a distância de alternativas menos nobres.
Outros projetos do clube merecem destaque. O Nossa Árvore contribui de forma efetiva para uma nova forma de pensar o Meio Ambiente e promove a educacão ambiental em uma cidade na qual uma parcela significativa dos moradores encara as árvores como um estorvo e um impecilho ao desenvolvimento. Esse projeto, nascido no Rotary Club Santos-Boqueirão, rendeu, já, um fruto mais do que bem-vindo: a aprovação, pelo Prefeito Joao Paulo Papa, da lei que regulamenta a instalacão de placas educativas nas árvores da Cidade.
Nosso outro projeto permanente, de combate ao vírus HPV por meio da educação e da conscientização, ajuda em última instância a salvar vidas e, tanto por sua importância quanto pela competência com que tem sido desenvolvido por companheiras idealistas como a médica Martha Perdicaris, envolve centenas de estudantes santistas e mereceu, inclusive, reconhecimento na forma de uma premiação internacional que será fundamental para a realização do trabalho nos próximos três anos.
O clube, mesmo com poucos anos de existência, se mostra maduro o suficiente para levar esses projetos a novos patamares. É hora da campanha contra o HPV ultrapassar os muros das escolas e, sem esquecer dos estudantes, ganhar as ruas. Vamos lutar ainda pela aprovação do Dia Municipal de Combate do Vírus HPV e a discussão das formas de prevenção vai ganhar as ruas, irá para dentro de shopping centers, para as praias e universidades.
Para que estes e os novos projetos que virão continuem a ter sucesso, será preciso, simplesmente, que o clube continue no mesmo caminho. Cada companheira deve ter a consciência do privilégio que é ser rotariano e, ao mesmo tempo, da responsabilidade que é representar uma instituição centenária e tão respeitada. A formação rotária e o companheirismo serão as balizas para o comprometimento de cada companheira do clube com pelo menos um dos projetos.
Confio especialmente no trabalho de cada uma, aqui. Umas têm talento para os números. Outras, para o discurso. Outras tantas preferem os bastidores. E, não por acaso, o símbolo maior do Rotary é uma engrenagem. Todas juntas, cada uma em seu lugar, é que fazem a grande máquina caminhar.
Este é o início de mais uma etapa em minha vida. Uma etapa cheia de desafios cujo orgulho de superar não será uma alegria individual e sim um sentimento a ser compartilhado com todas as companheiras do Boqueirão, minha casa, com o Santos-Praia, nosso clube padrinho, e também do Santos, Santos-Oeste, Noroeste, Porto, Ponta da Praia, Monte Serrat, Jose Bonifácio, Vila Belmiro, Gonzaga e com os novos companheiros do Rotary Club Santos-Aparecida. E especialmente do governador Marcos Franco e de sua equipe distrital, que têm sido aliados especiais.
Minha trajetória em Rotary começou cedo, com a observação de meu avô, Carlos Henrique Klein, um rotariano de alma, que presidiu o Rotary Club de Santos no ano Rotário 1979/80 e recebeu na cidade um dos maiores parceiros do trabalho do clube em nível mundial: Albert Sabin. Com ele aprendi o que é ética, descobri a importância da Prova Quadrupla e aprendi, principalmente, a respeitar o que de melhor existe em cada interlocutor.
Agradeço a confiança que foi depositada na equipe que hoje toma posse e não prometo menos que nosso máximo para honrar a curta mas vitoriosa história de nosso clube. Juntos, inovaremos e faremos a diferença. O futuro do Rotary está em nossas mãos.
Obrigado.
Gustavo Klein Carlan
Rotary Clube de Santos-Boqueirão
Presidente eleito 2010-11
“Fortalecer Comunidades, unir Continentes”

[ + ]